top of page
  • Foto do escritorClube FM

Grammy proíbe músicas feitas por IA

A próxima edição do Grammy traz uma novidade: a proibição de músicas totalmente feitas com inteligência artificial



A Academia, responsável pela cerimônia, revelou recentemente os requisitos de elegibilidade para o evento de 2024 e, dentre eles, está a novidade de que apenas composições humanas serão consideradas.


De acordo com as informações divulgadas, as músicas até poderão utilizar ferramentas de IA como auxílio, porém a autoria humana precisa ser significativa e relevante para a categoria em que a obra for inscrita. Essa medida surge como resposta ao crescente número de faixas geradas por IA que têm se espalhado pela internet.


Outra mudança feita na premiação foi a quantidade de indicados nas categorias principais, como Álbum do Ano, Música do Ano, Gravação do Ano e Artista Revelação. Onde antes haviam dez vagas disponíveis, agora serão apenas oito concorrentes.


O prêmio mais cobiçado, o de Álbum do Ano, também passou por alterações. Anteriormente, qualquer artista que tivesse colaborado em pelo menos uma faixa de um determinado disco também seria considerado indicado ao Grammy, caso o disco concorresse. Agora é necessário que haja a colaboração do artista em pelo menos 20% de todo o projeto.


Todas as indicações para o Grammy 2024 serão anunciadas no mês de novembro.

6 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page