top of page
  • Foto do escritorClube FM

Sepultura anuncia fim da banda e turnê de despedida a partir de 2024

Maior nome do metal brasileiro, grupo ganhou respeito internacional ao misturar som pesado com música tribal, indígena e africana. Última série de shows vai durar 18 meses e passará por países da América Latina e EUA; veja datas no Brasil.


foto: Bob Wolfenson/Divulgação


O Sepultura, o maior nome do heavy metal brasileiro, realizará sua última turnê a partir de 2024. Derrick Green, Paulo Jr., Andreas Kisser e Eloy Casagrande, os integrantes da banda, se reuniram nesta sexta-feira (8), em São Paulo, para anunciar o encerramento das atividades do grupo.


A derradeira série de apresentações terá a duração de 18 meses e contemplará países da América Latina e dos Estados Unidos. No Brasil, já foram agendadas oito apresentações (confira as datas ao fim da reportagem).


"A jornada do Sepultura chega ao fim. Uma despedida consciente e planejada", declarou a banda em comunicado. "Estamos gratos e muito agradecidos por tudo o que vivemos ao longo de nossa trajetória. Lançamos álbuns memoráveis, realizamos espetáculos grandiosos, cultivamos amizades, conhecemos nossos ídolos, e ajudamos a projetar o metal brasileiro internacionalmente. Agora, nos despedimos com a sensação de missão cumprida."


A turnê de despedida, intitulada "Celebrating Life Through Death", será registrada e resultará em um álbum ao vivo contendo 40 músicas gravadas em 40 cidades distintas.


40 anos de carreira O Sepultura surgiu em 1984 pelas mãos dos irmãos Max e Igor Cavalera, em Belo Horizonte. Durante quase quatro décadas de carreira, o grupo tornou-se uma referência do metal, mesclando o som pesado com influências de música tribal, indígena, africana e outros estilos.


O reconhecimento internacional do Sepultura veio especialmente com o lançamento do álbum "Roots" em 1996, no qual Carlinhos Brown contribuiu.


O referido álbum marcou a despedida de Max Cavalera, o antigo vocalista, que anunciou sua saída da banda em 1996. Seu irmão, o baterista Igor Cavalera, deixou o grupo dez anos depois.


Em 2021, o Sepultura lançou "SepulQuarta", um álbum gravado durante lives com participações especiais durante a pandemia de Covid-19. Na ocasião, o guitarrista Andreas Kisser afirmou, em entrevista ao G1, que o grupo vivia o "melhor momento de sua carreira em todos os aspectos".



Abaixo, veja as datas da última turnê do Sepultura no Brasil


Belo Horizonte

Data: 1º de março

Local: Arena Hall Ingressos: R$ 75 a R$ 250 (vendas a partir de 11 de dezembro, 12h, no site Eventim)


Juiz de Fora

Data: 2 de março

Local: Estacionamento Cultural

Ingressos: R$ 75 a R$ 200 (vendas a partir de 11 de dezembro, 12h, no site Eventim)


Brasília

Data: 9 de março

Local: Arena Lounge

Ingressos: R$ 75 a R$ 200 (vendas a partir de 11 de dezembro, 12h, no site Eventim)


Uberlândia

Data: 15 de março

Local: Castelli Ingressos: R$ 75 a R$ 200 (vendas a partir de 11 de dezembro, 12h, no site Eventim)


Porto Alegre

Data: 21 de março

Local: Araújo Vianna

Ingressos: R$ 62,50 a R$ 250 (vendas a partir de 11 de dezembro, 12h, no site Eventim)


Curitiba

Data: 22 de março

Local: Live

Ingressos: R$ 75 a R$ 200 (vendas a partir de 11 de dezembro, 12h, no site Eventim)


Florianópolis

Data: 23 de março

Local: Arena Opus

Ingressos: R$ 100 a R$ 200 (vendas a partir de 11 de dezembro, 12h, no site Eventim)


São Paulo

Data: 6 de setembro

Local: Espaço Unimed

Ingressos: R$ 75 a R$ 350 (vendas a partir de 11 de dezembro, 12h, no site Eventim)



CLUBE 885. Muito mais que rádio!

25 visualizações0 comentário
bottom of page